Início > curiosidades, sociedade > Na crise, ingleses preferem tecnologia a viagens

Na crise, ingleses preferem tecnologia a viagens

Ingleses preferem cortar gastos com viagens do que com tecnologia

Em tempos de crise e corte de gastos, do que a população prefere abdicar e o que prefere manter? Pelo menos para os ingleses a tecnologia é algo indispensável, e até as férias anuais ficam de fora para que as pessoas possam garantir sua TV, seu celular ou seu computador.

Um estudo publicado pelo Ofcom, escritório de comunicações do Reino Unido, mostrou que apesar da alimentação ser prioridade no orçamento dos ingleses, esses preferem a tecnologia a qualquer outro motivo em segundo lugar nas suas preferências.

Segundo o site da BBC 40% dos 862 entrevistados pela Ofcom declararam que em tempos apertados acabam cortando gastos com jantares fora de casa e viagens, enquanto apenas 19% disseram que economizariam na conta do celular, seguidos por 16% que cancelariam o serviço de TV por assinatura e outros 10% que desistiriam da banda larga.

O motivo da preferência seria justamente a própria crise, que obriga as pessoas a passarem mais tempo dentro de casa e longe de amigos e parentes. Sem sair, as pessoas vêem muito mais televisão e passam mais tempo navegando na rede, além de utilizarem mais o celular para falar com conhecidos.

“Apesar da recessão, as pessoas estão passando mais tempo assistindo televisão, usando seus celulares ou acessando a internet. Eles preferem não jantar fora ou ficar sem viajar do que desistir de seus telefones, banda larga ou TV à cabo” declarou Peter Phillips em nota publicada no site Digital Trends.

Mas esses dados não significam que os ingleses gastam a torto e a direito com esses serviços. A pesquisa também revelou que eles estão ficando mais prudentes com o dinheiro que gastam com tecnologia. “Quase a metade de nós economiza contratando um pacote de serviços de comunicações de um único fornecedor, enquanto um quinto opta por contratos de celular mais baratos que não incluam um telefone novo e caro” completou Phillips.

Fonte: Geek

Anúncios
  1. 11 de agosto de 2009 às 17:03

    Eu axo q esse texto inspirou 1 matéria do Jornal da Band, ontem à noite, ambientada no Brasil…
    Eu tb seguiria esse modelo d ajuste econômico: nerdar sempre!
    XD

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: