Arquivo

Archive for the ‘curiosidades’ Category

Lixo tecnológico [animação]

16 de agosto de 2010 Deixe um comentário

A questão da sustenbilidade e da preocupação com o meio ambiente é coisa séria. Muita gente acha que os recursos do nosso planeta são infinitos, e acham que tudo que leve ao discurso ecológico é discurso de “ecochato”.

Mês passado visitei um órgão federal, que estava trocando seus equipamentos de TI e fiquei assustado com a quantidade de lixo que iria ser descartado.

Segue uma animação para pensar sobre o tema:

Anúncios

Abertas as inscrições para a universidade pirata (Bahia)

30 de março de 2010 Deixe um comentário

Fonte: Notícias Linux e Junta Dados

Universidade Pirata é um projeto do Pontão de Cultura Digital juntaDados, sediado na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) campus Lauro de Freitas (PULSAI). São oferecidos cursos, discussões, oficinas sobre ferramentas de compartilhamento, direito autoral, redes sociais, tecnologias para produção audiovisual, linguagens de programação, metareciclagem e internet.

Nosso objetivo é fomentar o uso de tecnologias livres (software e hardware livre) e promover discussões sobre democratização da comunicação, apropriação tecnológica, conservação ambiental dentro de um espaço autônomo na Universidade, estabelecendo assim um contato com diversos grupos de pesquisa.

A “Universidade Pirata” vem de um esforço para demonstrar que o termo pirata não indica cibercriminalidade, e sim o grupo de pessoas que busca meios reparar as restrições ao mercado cultural, intelectual e de informação. Objetivamos rebater a intensa propaganda que compara a compra de um filme no mercado informal por exemplo, ao tráfico de drogas ou de armas.

Um pai que compra um DVD infantil para suas crianças não é exatamente um traficante de armas, o vendedor que comercializa o DVD infantil não financia o trafico de drogas com o dinheiro da sua venda. Esse ciclo de criminalidade a que se refere a própria industria do entretenimento tem como pilar as políticas de distribuição e financiamento de obras e falta de acesso a informação, cultura e lazer.

* Importante:

As pessoas que possuem computador devem levar para as aulas.

A prioridade na inscrição é para membros de Pontos de Cultura. Se existe algum ponto de cultura na sua localidade, faça contato.

Os cursos são presenciais em Salvador, mas estamos desenvolvendo os módulos a distância, as inscrições valem para as oficinas e cursos a distância também.

* Emitimos certificado sem valor acadêmico

As vagas se destinam a pessoas sem vínculo com a universidade mas alunos da UNEB podem se inscrever e concorrer as vagas residuais.

* As inscrições estarão abertas até o dia 15 de abril: http://www.juntadados.org/universidade_pirata

Na França: lei rigorosa não diminui pirataria

16 de março de 2010 Deixe um comentário

Fonte: Guia do Hardware

É interessante observar os resultados de leis cibernéticas em outros países. Já se passou um semestre desde que a França anunciou leis severas de políticas contra a pirataria, conhecida como “three-strikes”, ou “Hadopi” (que a partir do francês, significa “Alta Autoridade para a Difusão de Obras e a Proteção dos Direitos na Internet”), e a apesar da ameaça de enormes consequências, o download ilegal está mais forte do que nunca.

A lei possui o apelido “three-strikes” porque é baseada em três ações: ao infrator são dadas duas advertências, e na terceira vez recebe uma punição que pode incluir o banimento da Internet, uma multa de até 415 mil dólares, e até dois anos de prisão. Os defensores do Hadopi acreditavam que tais sanções convenceriam as pessoas a pararem de baixar conteúdos protegidos por direitos autorais, mas aconteceu justamente o contrário: a nova lei forçou os franceses a buscarem alternativas.

A taxa de pirataria aumentou em 3% desde que a lei foi introduzida no país, segundo a Universidade de Rennes. Apesar do uso do BitTorrent cair de 17,1% para 14,6%, os usuários que pararam de lidar com Torrents começaram a usar serviços de streaming ou sites de compartilhamento pessoal de arquivos, que não são cobertos pela Hadopi.

Outro ponto interessante é que metade de todos os usuários de P2P que baixam conteúdo ilegal também compram conteúdo online, segundo a pesquisa. Isso sugere que, se a conexão com a Internet de determinado usuário for bloqueada nos termos da Hadopi, a indústria do entretenimento pode perder receitas, tornando a nova lei contraproducente.

Wikimedia recebe doação de 2 milhões dólares do Google

19 de fevereiro de 2010 Deixe um comentário

Fonte: IDG Now

Mesmo com o financiamento da enciclopédia online assegurado por enquanto, site ainda enfrenta declínio no número de colaboradores.

O Google doou 2 milhões de dólares para a Wikimedia Foundation, grupo responsável  pela manutenção  da enciclopédia colaborativa Wikipedia, segundo informou na terça-feira (16/2) Jimmy Wales e Mitch Kapor, membros da fundação, em seus respectivos Twitters.

Essa ação do portal de buscas está sendo vista como uma forma de investimento no site de pesquisa instantânea para estudantes universitários

A fundação empregou 33 pessoas, em 2009, e recebeu mais de 6 milhões de dólares em doações. Mesmo com o financiamento do Wikipédia assegurado por enquanto, o site ainda enfrenta o problema de um declínio no número de colaboradores dispostos a editar os conteúdos.

Brasil conhecerá sistema de rádio digital em breve

5 de janeiro de 2010 Deixe um comentário

Fonte: Olhar Digital

De acordo com o pronunciamento feito pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, no dia 28/12/09, até fevereiro desse ano, o governo federal pretende anunciar o novo sistema de rádio digital que será adotado no Brasil.

Nas próximas semanas, serão realizados testes com transmissões digitais da Rádio Cultura e da CBN de São Paulo, além de emissoras de Belo Horizonte.
Segundo o governo, a rádio digital permitirá a realização de transmissão em ondas curtas com qualidade de som acima da média e fará com que regiões distantes da Amazônia, cujas comunidades hoje são servidas apenas pela Rádio Nacional da Amazônia, também recebam o sistema.

Atualmente os sistemas americano IBOC (In-Band-On-Chanel) e o europeu DRM (Digital Radio Mondiale) estão sendo testados pelos técnicos brasileiros.

Para o ministro das Comunicações, a digitalização do rádio irá agregar outros serviços ao cidadão, que terá acesso à transmissão de dados, fotos, gravações e até mesmo a impressão de dados.

Menos Spam? Porta 25 (smtp) bloqueada!

31 de dezembro de 2009 Deixe um comentário

Fonte: UOL Tecnologia

Para evitar a disseminação de spam, o Comite Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) determinou o bloqueio do “local” por onde grande parte dos e-mail falsos são enviados, a porta 25 de seu computador. O bloqueio ocorre no dia 5 de janeiro de 2010.

Se você usa programas de gerenciamento de e-mails —como o Outlook, Thunderbird ou Mail— para não ficar impedido de mandar mensagens, a porta de envio deve ser trocada de 25 para 587. Usuários apenas de webmail não serão impactados.

“Com a implementação das recomendações, será mais difícil para que computadores zumbis sejam utilizados para o envio de spam, pois além de necessitar de um usuário e senha para utilizar o serviço de e-mail, ele ainda deverá burlar os possíveis controles antispam existentes no serviço mencionado”, diz Nelson Novaes, gerente de segurança do UOL.

O Comitê espera reduzir o tráfego de spam em até 90%, segundo Henrique Faulhaber, Conselheiro do CGI e Coordenador da Comissão de trabalho Antispam no Brasil. Empresas como Telefônica, Oi e Net vão bloquear os dados transmitidos pela porta 25.

O Brasil é o campeão no envio de spam segundo uma lista divulgada pelo Composite Blocking List, grupo de combate às mensagens indesejadas —15% de todos os spams enviados no mundo vêm de IPs brasileiros. O país está na frente da Índia (9,7%), Rússia (9,6%) e Turquia (7,9%).

A medida não é nova, órgãos internacionais aconselham o bloqueio da porta 25 desde 1998, mas apenas em 2005, provedores e operadoras de todo o mundo começaram a adotá-la em massa. O UOL oferece o acesso pela porta 587 desde 2004.

Rodrigo Albani, gerente geral de administração de sistemas do UOL, explica que a alteração será no trânsito das mensagens na rede. “Pela porta 25 a mensagem é enviada direto para o destinatário. É o que chamamos de ‘envio direto’. Com a porta 587, o usuário precisa se autenticar em um servidor, por onde passa o e-mail. Então é mais fácil barrar spams. A ideia é deixar a porta 25 apenas para tráfego entre servidores”.

Hacker cria rede alternativa de celular GSM na Holanda

24 de novembro de 2009 1 comentário

Durante o evento Hacking At Random 2009 (HAR 2009) em Vierhouten, na Holanda, o hacker alemão Harald Welte operou a primeira rede de telefonia celular GSM baseada em software Open Source. Montada com permissão das autoridades locais, a “operadora” chegou a registrar 391 “assinantes” ao longo dos quatro dias do evento.

A estrutura foi baseada em dois transmissores (BTS – Base Transceiver Station) amarrados ao topo de uma árvore e conectados a um controlador (BSC – Base Station Controller). Na verdade, um PC rodando o software OpenBSC, desenvolvido pelo próprio Harald. Assim que um celular entrava ao alcance da rede, recebia uma mensagem SMS com um código, que deveria ser registrado em um website. A partir daí, o usuário era livre para fazer e receber chamadas.

Segundo Harald, apesar da baixa potência dos transmissores (limitada a pedido das autoridades) a cobertura do sinal foi considerada muito boa, englobando quase todo o local do evento. O software também se mostrou funcional e razoavelmente estável, apesar de alguns “segfaults” a cada três ou quatro horas. Mais informações sobre o OpenBSC podem ser encontradas em bit.ly/2m0Nmm.

Fonte: Tori