Arquivo

Posts Tagged ‘bloqueio’

Wikileaks: Plano para obstruir o crescimento do SL

11 de outubro de 2010 2 comentários

Teoria da conspiração?

Acho que não. O que acontece é que toda vez que algo livre, democratiza algo e deixa ao alcance de tod@s, há, em contrapartida, ações contrárias/bloqueadoras de quem vive as custas da centralização, comercialização e poder.

Segue o que recebi via Notícias Linux:

O documento publicado pela Wikileaks demonstra que Jonathan Zuck, presidente da ACT (Association for Competitive Technology), uma organização com fortes vínculos com a Microsoft, e fundador da “Americans for Technology Leadership”, havia influenciado nas mudanças de documentos de trabalho da União Européia. Entre as modificações feitas por Zuck estão a grande insistência na mescla de software livre e não livre; a eliminação de críticas às patentes de software e as ameaças de pleitos superficiais por parte dos detentores de patentes; e a debilitação dos argumentos a favor de uma defesa dos direitos dos desenvolvedores de software livre a implementar livremente os padrões.

Confira: http://wikileaks.org/wiki/Euro[…]n_OSS_Strategy_Draft,_Mar_2009
Fonte: http://softlibre.barrapunto.com/softlibre/10/10/10/1518203.shtml

Anúncios

Menos Spam? Porta 25 (smtp) bloqueada!

31 de dezembro de 2009 Deixe um comentário

Fonte: UOL Tecnologia

Para evitar a disseminação de spam, o Comite Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) determinou o bloqueio do “local” por onde grande parte dos e-mail falsos são enviados, a porta 25 de seu computador. O bloqueio ocorre no dia 5 de janeiro de 2010.

Se você usa programas de gerenciamento de e-mails —como o Outlook, Thunderbird ou Mail— para não ficar impedido de mandar mensagens, a porta de envio deve ser trocada de 25 para 587. Usuários apenas de webmail não serão impactados.

“Com a implementação das recomendações, será mais difícil para que computadores zumbis sejam utilizados para o envio de spam, pois além de necessitar de um usuário e senha para utilizar o serviço de e-mail, ele ainda deverá burlar os possíveis controles antispam existentes no serviço mencionado”, diz Nelson Novaes, gerente de segurança do UOL.

O Comitê espera reduzir o tráfego de spam em até 90%, segundo Henrique Faulhaber, Conselheiro do CGI e Coordenador da Comissão de trabalho Antispam no Brasil. Empresas como Telefônica, Oi e Net vão bloquear os dados transmitidos pela porta 25.

O Brasil é o campeão no envio de spam segundo uma lista divulgada pelo Composite Blocking List, grupo de combate às mensagens indesejadas —15% de todos os spams enviados no mundo vêm de IPs brasileiros. O país está na frente da Índia (9,7%), Rússia (9,6%) e Turquia (7,9%).

A medida não é nova, órgãos internacionais aconselham o bloqueio da porta 25 desde 1998, mas apenas em 2005, provedores e operadoras de todo o mundo começaram a adotá-la em massa. O UOL oferece o acesso pela porta 587 desde 2004.

Rodrigo Albani, gerente geral de administração de sistemas do UOL, explica que a alteração será no trânsito das mensagens na rede. “Pela porta 25 a mensagem é enviada direto para o destinatário. É o que chamamos de ‘envio direto’. Com a porta 587, o usuário precisa se autenticar em um servidor, por onde passa o e-mail. Então é mais fácil barrar spams. A ideia é deixar a porta 25 apenas para tráfego entre servidores”.