Archive

Posts Tagged ‘torrent’

Polícia age contra o Brazil Series

19 de julho de 2010 Deixe um comentário

Acho válido, receber doações, colocar banners pagos. A comunidade tem que se manter, o site se paga. Sobre as contas premium, fica difícil de falar se é pra luco ou não. Todos nós sabemos que existem usuários que chegam nas comunidades, apenas para baixarem o que querem e depois somem. Não fazem o mínimo pedido, deixar o arquivo baixando dando upload pelo menos duas vezes seu tamanho, ai acho muito válido essa diferenciação de conta premium. Se é paga? Ai o cara acaba ajudando a comunidade financeiramente. Lucro pessoal, pelo menos para mim não rola, para mim até perde sentido o termo comunidade.

Uma coisa que achei engraçada foi a tal APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música) mostrando serviço, e ainda batendo no peito numa frase meio tropa de elite e bla bla bla. A polícia realmente mostra serviço para um tipo de coisas né? Uma ação estilo seriado.

Segue a matéria:

SÃO PAULO – A polícia de São Paulo prendeu, na noite de quinta-feira, um casal de estudantes acusado de administrar o site de downloads Brasil-Séries.

De acordo com a APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música) o site recebe 800 mil usuários únicos por mês e é especializado em oferecer links para downloads de séries populares como House, Friends e Big Bang Theory. A associação descobriu a existência do serviço ao acompanhar comunidades sobre séries no Orkut e denunciou o caso à polícia.

Ao rastrear as conexões que atualizavam o site, a polícia chegou até uma casa no município de São José dos Campos, onde foram detidos um estudante peruano identificado como Cesar e uma jovem de 24 anos, também estudante. Na residência do casal foram apreendidos mídias de DVDs e computadores.

Segundo a polícia, o casal será denunciado à Justiça por crime que quebra de direito autoral com o objetivo de lucro.

O argumento é baseado no fato do site aceitar doações, exibir banners publicitários e vender contas premium de serviços de compartilhamento de arquivos que oferecem melhor velocidade de download para baixar arquivos grandes.

A polícia informou ainda que o fato do site possuir colaboradores além do casal, como designers e programadores, fará todos os envolvidos serem denunciados por formação de quadrilha.

Como o casal não tem antecedentes criminais e possui residência fixa é provável que sejam soltos nas próximas horas.

No site Brasil Séries há várias mensagens de apoio ao compartilhamento de arquivos e frases como “Original é roubo. Compartilhar não é crime”.

A APCM comemorou a prisão do casal e afirmou que o considera “pirataria” é um mal que favorece o crime, a sonegação de impostos e prejudica a geração de empregos formais.

Fonte: Info Abril

Mininova segue ordem de corte holandesa e exclui torrents da sua busca

28 de novembro de 2009 1 comentário

Com comunidade com mais de 47 milhões de usuários, buscador é forçado a distribuir apenas conteúdos permitidos por detentores de copyright.

O buscador Mininova anunciou nesta quinta-feira (26/11) que excluirá da sua base torrents referentes a filmes, séries, softwares e músicas que podem ser baixados sem o pagamento devido de direitos autorais após uma decisão da Justiça holandesa.

A corte de Utrecht decidiu, em 26 de agosto, que o Mininova seria obrigado a retirar todos os torrents de arquivos protegidos por direitos autorais do seu índex em um prazo de três meses.

A decisão ameaçava o buscador de multa de mil euros por dia ou arquivo encontrado. A pena máxima seria de 5 milhões de euros.

Em fevereiro, o serviço havia anunciado mudanças que previam o aumento no número de servidores usados dado o crescimento na procura por torrents.

Em post publicado em seu blog oficial, a Mininova afirma que testou sistemas de filtragem nos últimos meses, mas “descobrimos que é impossível tecnicamente e operacionalmente implementar um sistema de filtragem 100% efetivo”.

Pela impossibilidade, o Mininova resolveu excluir do seu índex torrents protegidos por copyright, se limitando a distribuir conteúdo por meio do Content Distribution, programa gratuito em que detentores de direitos autorais inscrevem seus arquivos para distribuição.

Segundo dados próprios, a comunidade do Mininova tem cerca de 47 milhões de usuários que visitam o buscador mensalmente e procuram por filmes, séries, discos e softwares entre seus 1,3 bilhão de torrents.

O Mininova se soma ao The Pirate Bay nos processos enfrentados na Europa, notoriamente pela Justiça da Holanda, contra a distribuição de conteúdo sem pagamento devido de direitos autorais.

Em outubro, o The Pirate Bay também foi condenado na Holanda a remover dos seus resultados todos os torrents que permitam o download de conteúdo multimídia protegido por direitos autorais.

Fonte: IDG NOW